INÍCIO     NOTÍCIAS     VÍDEOS    CINEMA    EVENTOS    FEMININO    GALERIA DE FOTOS    CONTATO
Banco de Alimentos
Itabira sediará 6ª reunião ordinária da Relba
07/06/2018 às 10:40:49

No próximo dia 8, a partir das 8h30, no plenário da Câmara de Vereadores – avenida Carlos Drummond de Andrade, nº 651, no Centro –, a população poderá participar da reunião ordinária da Rede Leste de Banco de Alimentos (Relba) de Minas Gerais. Com a presença de autoridades dos 30 municípios e dos gestores dos bancos de alimentos que integram a rede, as reuniões são itinerantes e acontecem na segunda sexta-feira de cada mês.

Neste encontro, além de fazer um balanço sobre as atividades dos bancos de alimentos no último mês, o principal assunto será a resolução nº 181, normativa que rege o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) do Governo Federal.

Para Antônio Adelson de Oliveira Santos, técnico agrícola da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SMAA) e coordenador do Banco de Alimentos de Itabira, o evento é uma oportunidade para as pessoas compreenderem o funcionamento da Relba. “É uma reunião muito motivadora para a população conhecer os bancos de alimentos e como poderá contribuir para que eles funcionem bem. Por isso, gostaríamos de um grande número de pessoas e autoridades participando”, explicou.

Em Itabira, o banco de alimentos funciona desde 2010 com o objetivo de ampliar a segurança alimentar e evitar o desperdício de alimentos. O banco trabalha com projetos, inclusive do Ministério de Desenvolvimento Social que finalizou em abril deste ano. No entanto, segundo Antônio Adelson, a SMAA já enviou proposta de renovação para conseguir novos recursos para o município. Ainda de acordo com ele, a importante atuação da Relba “é justamente quando não estamos recebendo verba federal, pois, as cidades que contam com o PAA repassam a produção excessiva para os bancos que fazem parte da Rede”, destacou Antônio Adelson.

Relba

Criada em abril de 2014 – ano em que Itabira também se tornou membro (agosto) –,  o objetivo é integrar as atividades dos bancos de alimentos municipais, tornando-os mais eficientes, tanto na condução de programas federais, quanto nas captações de doações de alimentos de empresas e produtores rurais. Na prática, a Rede permite que um alimento excedente em uma cidade seja levado para outro banco de alimentos.

“A Relba foi criada inicialmente com três municípios. Hoje, conta com 30”, frisou o coordenador do Banco de Alimentos de Itabira. Desse montante, segundo ele, 16 cidades, incluindo Itabira, estão integradas à Rede Brasileira de Banco de Alimentos. “O nosso município faz parte deste contexto em nível nacional. Estamos muito bem quando se fala em segurança alimentar e integração dos bancos. Prova disso é que Itabira também compõe a diretoria da Rede Leste”, destacou Antônio Adelson.

Os bancos contam com 60% de doações originadas do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e 40%, da agricultura familiar. No último mês (21/05), conforme informações da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, o banco de alimentos da cidade recebeu, por meio da Relba, 333 caixas de alimentos, o que corresponde a aproximadamente quatro toneladas de produtos. Uma vez no banco, os alimentos são distribuídos para nove entidades assistenciais e quatro centros de referência, além da rede municipal de ensino. “Sem contar a rede escolar, são mais de quatro mil pessoas cadastradas. Outra vantagem é que estamos absorvendo alimentação do agricultor e levando dinheiro para o campo”.

Comunicação PMI
 







E-mail: contato@itabiranet.com

(31) 8891-0512

NOTÍCIAS EM ÚLTIMO MINUTO!

© ItabiraNet 2018. Todos os direitos reservados. Webmail