INÍCIO     NOTÍCIAS     VÍDEOS    CINEMA    EVENTOS    FEMININO    GALERIA DE FOTOS    CONTATO
Cerco Bloqueio
Suspeito de usar arma para ameaçar frentista em JM é preso em Itabira
10/07/2018 às 19:34:39

 

Um cerco bloqueio da Polícia Militar na localidade do Vista Alegre na LMG-7779, zona rural de Itabira, por volta das 21h20min de segunda-feira, 9 de julho de 2018, resultou na prisão de Sérgio Gonçalves Dias Filho, 46 anos, que é acusado de ter usado uma arma para ameaçar um frentista, de 22 anos, em um posto de combustível na Avenida Getúlio Vargas no Bairro Baú em João Monlevade.

O frentista relatou para os policiais que estava trabalhando no momento em que um homem chegou dirigindo o seu Volkswagen Gol G5, cor preta, placa LKU-9805 de Ipatinga, solicitando que fosse colado o valor de R$ 50 em combustível no seu veículo, que após o abastecimento ao sair para atender outro cliente, o homem lhe gritou ordenando que voltasse, momento em que sacou uma pistola, fez o manejo e lhe ameaçou dizendo que voltaria para matá-lo.

A vítima temendo pela sua vida se escondeu atrás do caixa, após o autor da ameaça ter saído e entrado para a LMG-779 em direção a Itabira, comunicou a Polícia Militar do fato, de imediato os militares de João Monlevade entraram em contato com a Central de Operações da Polícia Militar (COPOM) do 26º Batalhão em Itabira, solicitando que fosse montado o cerco bloqueio para captura do autor.

Segundo os policiais, ao deparar com o veículo na localidade do Vista Alegre, na zona rural de Itabira, o condutor acelerou em direção ao Distrito Industrial, aonde Sérgio Filho acabou sendo abordado às margens de uma lagoa.

Durante as buscas no interior do veículo a suposta arma usada na ameaça não foi encontrada, porém no vidro da porta dianteira, lado do passageiro, estava quebrado e apresentava uma marca que possivelmente pode ter sido causada por um disparo de arma de fogo. O carro foi apreendido e rebocado para o pátio credenciado onde será feita a perícia técnica da Polícia Civil.

De volta à João Monlevade, Sérgio Filho foi reconhecido pela vítima da ameaça, ao ser questionado o mesmo negou ter ameaçado o frentista e afirmou que teve apenas um atrito por ter sido chamado de velho. Em relação ao dano em seu veículo, Sérgio Filho afirmou que possuí alguns inimigos e que no trajeto de João Monlevade até Itabira, um Toyota Etios, cor branca, pareou ao seu lado e o ocupante efetuou um disparo em sua direção.

Após o registro da ocorrência, Sérgio Filho teve que assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) se comprometendo a comparecer em juízo quando intimado pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais. A vítima foi orientada a procurar a Polícia Civil posteriormente para fazer a representação contra o autor.

ItabiraNet.com







E-mail: contato@itabiranet.com

(31) 8891-0512

NOTÍCIAS EM ÚLTIMO MINUTO!

© ItabiraNet 2018. Todos os direitos reservados. Webmail