INÍCIO     NOTÍCIAS     VÍDEOS    CINEMA    EVENTOS    FEMININO    GALERIA DE FOTOS    CONTATO
Crime em 2018
Acusado de matar Carolina Almeida será julgado pelo Tribunal do Júri
11/02/2020 às 21:30:34

 

O réu David Allen de Moura, de 25 anos, acusado de ter assassinado a tiros a jovem Carolina Almeida da Silva, será levado a julgamento pelo Tribunal do Júri. A sentença de pronúncia foi proferida ontem, segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020, pela Meritíssima Juíza de Direito da comarca de Itabira, Cibele Mourão Barroso. A data do Júri Popular ainda não foi definida pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

***Foto Arquivo/ItabiraNet

Relembre o caso: Clique aqui

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) ofereceu a denúncia relatando que no dia 23 de dezembro de 2018, por volta de 0h, na Avenida Duque de Caxias, no Bairro Esplanada da Estação, em Itabira, o denunciado teria efetuado disparos de arma de fogo contra Carolina Almeida, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

A denúncia acrescenta que o motivo do crime teria sido um desentendimento entre a vítima e dois familiares do réu, que Carolina Almeida teria agredido e feito ameaças de morte a um deles. A defesa de David Moura pediu pela impronúncia do réu, por ausência de indícios de autoria.

Diante da denúncia, e dos autos do processo, com amparo no artigo 413 do Código de Processo Penal, a juíza analisou e acolheu o pedido do Ministério Público pronunciando o réu David Moura, para que ele seja levado a julgamento pelo Tribunal do Júri, pela infração penal prevista no artigo 121, §2º, IV do Código Penal Brasileiro.

O denunciado David Moura, que está no Presídio de Itabira, possui condenações transitadas em julgado por crimes de tentativa de homicídio, porte ilegal de arma de fogo, disparo de arma de fogo e posse de arma de fogo, sendo que na data do homicídio em apuração estava descumprindo as condições do regime de cumprimento de pena que lhe foi imposta, encontrando-se fora da residência após as 18 horas. O denunciado teve a prisão preventiva mantida para a garantia da aplicação da lei penal e a necessidade de se resguardar a ordem pública.

Thales Benício - ItabiraNet.com







E-mail: contato@itabiranet.com

(31) 8891-0512

NOTÍCIAS EM ÚLTIMO MINUTO!

© ItabiraNet 2020. Todos os direitos reservados. Webmail